Vegetarianismo

Oi ;D Eu venho hoje falar de um assunto delicado, um tema polêmico muito presente em minha vida desde seus primórdios, mas que nunca abordei aqui no P D M., que é o VEGETARIANISMO. Nunca abordei realmente este ponto tão importante de meu modo de viver no blog em um texto especial unicamente para este fim, mas vocês que já leram algumas de minhas postagens devem ter visto que em alguns momentos já fiz uma ou outra menção sobre amar os animais e ser vegetariana. Para os que não sabiam, fica a surpresa,. Sim, Lara Tôrres é Ovo Lacto Vegetariana. "QUE DIABOS É ISTO?" muitas pessoas que estão passando os olhos nestas singelas palavras devem estar fazendo a si esta pergunta, mas calma que eu explico. Não existe apenas um tipo de vegetarianismo, nós temos meio que vertentes dentro deste modelo de tocar a vida, e também 2 vegetarianos do mesmo tipo têm dietas diferentes, cada um tem uma concepção ou outra diferente de outra pessoa, moldando de forma mais única sua alimentação e o uso de certos produtos em seu dia-a-dia. O vegetarianismo tem como "subgrupos" os 


Ovo Lacto Vegetarianos(EU) - Come ovos e derivados de leite, mas nada de carne. 


Lacto-Vegetarianos - Nem carne nem ovos. 


Vegano ou Vegetariano Estrito -   Os veganos evitam o uso de couro, lã, seda e de outros produtos de origem animal, que levam secreções ou óleos que são obtidos dos bichos, além da não ingestão de carne. 


Crudívoro - Só se alimenta de comidas cruas. 


Frugívoro, frutívoro ou frutariano - Come apenas frutas 


Freegano : Comem lixo. Eles não querem dar dinheiro a quem vive da exploração animal, e até comem carne se acham-na no lixo, uma vez que para quem matou o animal não faz diferença se quem comprou a carne vai comê-la ou jogá-la fora. Na minha opinião não é muito correto incluir o freeganos como vegetarianos, visto que ingerem carne. Colocaria este grupo como protestantes, ativistas contra a exploração animal. 


No meu caso, sou ovo lacto vegetariana com alguns conceitos do veganismo. Repudio o uso de couro e pele verdadeiramente animais por julgar sofrimento desnecessário para os bichos e considero crueldade e capricho da parte de quem retira o couro ou a pele de um animal para fazer objetos e roupas. 
Frequentemente sou questionada sobre o motivo que me levou a ser vegetariana, se foi razão religiosa, influência de alguém, costume de família ou coisas deste tipo e sempre acabo por surpreender muitas pessoas  quando digo que não foi nada disso. Foi simplesmente consciência, piedade, amor à vida, entendimento de que a manutenção da minha vida não necessita ser fator de destruição de outras e que matar para comer algo que não é necessário ou para enfeitar roupas e outros objetos é puro capricho egoísta não é nada correto. A saúde também agradece minha opção alimentícia que diminui minhas chances de desenvolver câncer de intestino ou reto (que já são elevadas o suficiente pela minha prisão de ventre), pela redução do risco de hipertensão e diabetes. Muito ajudaria o planeta se existissem mais vegetarianos, visto que para plantar milho e criar pastos destinados à criação de gado de corte, milhares de árvores são derrubadas. Também tem gente que me pergunta como eu consigo evitar a carne, e como faço para repor as proteínas que deixo de ingerir ao cortar a carne do cardápio. Laticínios e ovos juntamente com feijão e arroz também contém uma parcela considerável de proteínas, não sinto falta de carne em nenhum aspecto, desde minha infância que considero crueldade a ingestão de tal "alimento" de forma que sinto repulsa de carne. 
Existe certa dificuldade de se alimentar fora de casa quando se é vegetariano, por que muitos restaurantes não oferecem muitas opções que possam atender a quem extinguiu a carne de sua dieta, sem falar que muita gente tem mania de fazer festa onde só se serve feijoada ou carne de churrasco -.-' Mas sem dúvidas pior que ficar sem opções de comida as vezes é sofrer o preconceito dos que não compreendem a opção humanitária pelo vegetarianismo. Tachada de fresca, chata, exibida (até isso, veja só), metida a certinha e politicamente correta, revolucionária sem causa, entre outras coisas que quando não são proferidas com palavras, transparecem nas atitudes e até no rosto das pessoas, que deixam escapar o que pensam com o olhar. Não deveria ser tão difícil assim de entender uma opção de um pobre cidadão honesto sobre sua alimentação ou sobre qualquer outra escolha que se tome -.- Se você entende minha situação, a dos animais também, se você concorda com minhas razões e sentiu uma linda vontade de se tornar vegetariano, eu obviamente lhe dou todo o apoio do mundo, fico felicíssima e disponibilizo aqui um link com dicas de como fazer esta transição (que é difícil para quem comeu carne por muitos anos) de onívoro para vegetariano. Desejo boa sorte a todos e caso alguém tenha se sentido tocado por minhas palavras, peço que que me dê a alegria imensa de saber que trouxe mais uma pessoa para o time dos que se importam com os animais, e que se recusam a destruir suas vidas sem motivo nenhum.     


 Dicas para aderir ao vegetarianismo

Beijinhos ;*      Lara Tôrres


2 comentários:

Ianne galvão on 24 de dezembro de 2011 00:26 disse...

Adorei o post sobre o vegetarianismo, tirou muitas dúvidas minhas! Queria ter coragem de ser vegetariana, mas não gosto de verduras(que fresca eu). O que me deixa um pouco mais confortante é que basicamente só como frango, não deixando claro, de ser um grande mal :/ Mas penso nisso como um tipo cadeia alimentar, os animais caçam para obter comida, os carnívoros, e como somos assim considerados isso me deixa menos triste com minhas atitudes. Admiro muito quem é vegetariano, como você!

Lara Tôrres on 30 de dezembro de 2011 18:01 disse...

Valeu Ianne! Só um esclarecimento, nós humanos não somos considerados CARNÍVOROS que são animais que não vivem sem carne de nenhuma maneira, têm o corpo projetado para a caça e sentem vontade e prazer em comer carne crua, quente e sangrenta. O humano é onívoro, podemos comer ou não carne,sem que tenhamos nenhum prejuízo à saúde. Também tem mais algumas coisas que eu gostaria de lhe dizer, mas conheço um vídeo que é bem mais esclarecedor que minhas palavras. Vou te mandar o link assim que encontrar

Postar um comentário

 

Point das Menininhas Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare